As nossas notícias

As vendas do Grupo Vips crescem a um ritmo de 5% alcançando os 400 milhões de euros

    Madrid, 11 de maio de 2017.

     

    • O Grupo fechou o exercício 2016 com todos os indicadores em positivo pelo segundo ano consecutivo, tendo consolidado o seu processo de transformação e materializado a troca de acionista minoritário, o que lhe permitirá centrar-se nos próximos anos em intensificar o crescimento .
    • As vendas totais do Grupo (considerando o total do sistema e todas as linhas de negócio) cresceram 4,9% até aos 396 m€ em 2016 face aos 378 m€ do exercício anterior, destacando especialmente a melhoria da facturação de hotelaria que sobe 5,2%, crescimento claramente por cima do mercado de restauração doméstico que cresceu por volta de 1,9%
    • O Resultado Bruto de Exploração Recorrente (EBITDA Recorrente) reflete esta evolução positiva do negócio com um crescimento de 13,1%, situando-se em 26 m€ face aos 23 m€ de 2015, enquanto que o EBIT Recorrente também aumenta 30,8% face o ano anterior alcançando 11,2 m€, consolidando-se assim a tendência de aumento contínuo iniciada em exercícios anteriores. O Resultado Líquido, apesar de ter sido afectado pelos custos extraordinários derivados do fecho definitivo da divisão de restaurantes, continua em positivo registando um benefício de 0,1 m€
    • Durante o último exercício intensificou-se o número de aberturas de forma que se produziu um aumento líquido de 17 unidades (25 aberturas -13 próprias e 12 em franchising- e 8 fechos), alcançando os 371 estabelecimentos e dando emprego a cerca de 9.200 pessoas (8.000 pessoas em plantel próprio e, aproximadamente, 1.200 pessoas através dos franchisings VIPS, VIPS Smart e GINOS e os estabelecimentos de Starbucks em Aeroportos)
    • Em paralelo a estas aberturas, o Grupo iniciou um Plano Extraordinário de Reformas para a renovação e a modernização da imagem dos locais de VIPS e GINOS, realizando em 2016 um total de 20 reformas (9 de VIPS e 11 de GINOS), plano ao qual destinará mais de 25 milhões de euros em dois anos (2016 e 2017) 
    • Para o exercício 2017, o Grupo continuará com o foco posto na intensificação do crescimento e na aceleração da renovação da imagem das suas cadeias VIPS e GINOS. Neste sentido, tem previsto abrir aproximadamente 80 locais novos, além de realizar 46 reformas adicionais (25 VIPS e 21 GINOS) dentro do seu Plano Extraordinário de Reformas. Do mesmo modo, em 2017 a empresa reforçará a sua presença em Espanha acrescentando uma marca nova ao seu portfólio, wagamama, cuja primeira abertura produziu-se em Madrid em abril e a segunda está prevista para mediados de junho. 

    Madrid, 11 de maio de 2017As vendas do Grupo Vips (sistema total que inclui locais próprios e franchisados) cresceram 5% no exercício 2016. O Grupo, que se submeteu a um processo profundo de transformação durante os últimos anos, fechou o seu segundo ano consecutivo com todos os indicadores em positivo reafirmando a sua aposta pelo crescimento, uma vez que dito Plano foi finalizado.

    A faturação a nível sistema aproxima-se dos 400 m€ (396,2 m€) face aos 377,5 m€ de 2015, registando dois exercícios consecutivos com crescimentos por volta de 5%. Especialmente positiva foi a evolução das vendas da hotelaria que melhoram 5,2%, até se situar em 355,0 m€, um comportamento que coloca, em geral, as marcas do Grupo por cima do resto do mercado comparável, que cresceu por volta de 1,9%. As Cafetarias VIPS aumentaram a sua facturação a unidades comparáveis 0,4%, os restaurantes italianos GINOS 4,5% e a cadeia Fridays 3,4%. As marcas pertencentes aos segmentos de Coffee Shops e de Fast Casual (restauração sem serviço de mesa mas de alta qualidade) Starbucks Espanha, Starbucks Portugal e VIPS Smart, cresceram, em termos comparáveis, 5,3%, 8,1% e 5,9%, respetivamente.

    O Resultado Bruto de Exploração Recorrente (EBITDA recorrente) mostra também a recuperação do Grupo, alcançando os 26 m€, o que supõe um aumento de 13,1% em relação ao exercício anterior e o quarto ano de crescimento consecutivo. O EBIT Recorrente cresce também, alcançando 11,2 m€, 30,8% mais do que no ano 2015 quando foi de 8,5 m€. As provisões extraordinárias por montante de 1,8 m€ destinadas a acometer os últimos fechos e vendas da linha de restaurantes de fine-dining (Tattaglia, Lucca e Rugantino) reduziram o Benefício Líquido que se situa em 0,1 m€ positivo face aos 1,5 m€ alcançados em 2015, primeiro ano depois do período de transformação que o Grupo voltou a números negros e exercício no qual se contava adicionalmente com o impacto positivo das vendas dos restaurantes Iroco e El Bodegón por montante de 2,3 m€.

     O Conselheiro Delegado do Grupo Vips, Enrique Francia, destacou a satisfação do Grupo com a evolução do negócio, “as cifras positivas do exercício 2016 respondem à folha de rota que temos marcada para os próximos anos com o foco posto em acelerar o crescimento e recuperar a liderança”. Além disso, acrescentou: “O Grupo conta com uma posição financeira sólida, depois da entrada de ProA Capital nos seus acionistas e a execução das duas ampliações de capital previstas no acordo de entrada”. ProA Capital adquiriu em outubro 30% do capital do Grupo, que até esse momento estava em mãos de Goldman Sachs Merchant Banking Division, comprometendo-se adicionalmente a aportar 12,5 m€ dentro do quadro de uma ampliação de capital por montante de 41,5 m€. Do mesmo modo, o conjunto dos acionistas acordou também realizar outra ampliação de capital em março de 2017 por montante de 15 m€, tudo isso com o objetivo de potenciar os recursos próprios para acelerar o ritmo de aberturas, assim como o Plano Extraordinário de Reformas do VIPS e GINOS previsto para 2016 e 2017.

    Durante o exercício 2016 o Grupo realizou 17 aberturas líquidas e 29 reformas (9 VIPS, 11 GINOS, 8 Starbucks e 1 Fridays). Este aumento líquido de 17 restaurantes e cafetarias divide-se em 25 aberturas (13 próprias e 12 em franchising) e 8 fechos. Desta forma o Grupo Vips somava no fecho de 2016 um total de 371 estabelecimentos em 3 países (Andorra, Espanha e Portugal) sendo o primeiro exercício desde o início da crise no qual se aumentou o número de restaurantes próprios.

    O projeto de franchisings do Grupo, uma das linhas principais de crescimento da empresa, soma já 67 restaurantes e cafetarias, 9 unidades mais que no ano anterior, que se dividem da seguinte maneira: 21 GINOS, 18 VIPS Smart, 14 VIPS, assim como 13 licenças Starbucks em “Travel Channel” (11 em Espanha e 2 em Portugal) e 1 sublicença em Andorra.

    A dívida financeira líquida situou-se no fecho do exercício 2016 em 27,0 m€ (face a 37,0 m€ no fecho de 2015) com um rácio de Dívida/ EBITDA recorrente de 1,03x que outorga ao Grupo uma posição sólida financeira para acometer o crescimento futuro.

    Em 2016, Grupo Vips reforçou o seu compromisso com a associação celíaca, renovando e ampliando as ementas das suas cadeias VIPS, VIPS Smart, GINOS e Fridays. Trabalho que foi reconhecido pela FACE (Federação de Associações de Celíacos de Espanha) que premiou o Grupo e os seus restaurantes como as melhores cadeias de restauração para celíacos de Espanha, depois de uma votação aberta entre todos os seus membros e seguidores nas redes sociais.

    Há que destacar também que em 2016 as cadeias do Grupo Vips conseguiram a prestigiosa certificação NSF. NSF, auditora independente de referência internacional no âmbito da segurança alimentar, validou que os processos de segurança e qualidade alimentar das marcas VIPS, VIPS Smart, GINOS, Fridays e Starbucks cumprem não apenas com a legislação vigente em Espanha e em Portugal mas também com os mais altos padrões de segurança alimentar a nível internacional. Assim, os processos de qualidade de segurança alimentar do Grupo Vips, consolidam-se como um dos mais completos e exigentes do setor na Europa.

    Por seu lado, British Sándwich Factory (BSF), a fábrica  de sandwichs, saladas e produtos para levar do Grupo Vips, certificou-se com a reconhecida norma de segurança alimentar IFS (International Food Standard), convertendo-se assim na primeira fábrica de sandwichs em Espanha em conseguir esta acreditação. Um marco que se enquadra dentro do compromisso de BSF com assegurar a máxima qualidade nos seus produtos e reforça o processo de expansão no qual se encontra imerso o projeto.  

     

    Com o apoio das cifras e uma vez que o projeto de transformação deu-se por concluído e materializou-se a mudança de acionista minoritário, o Grupo inicia uma etapa na qual está a centrar os seus esforços e recursos para acelerar o seu crescimento e a modernização da rede de VIPS e GINOS. As previsões apontam para a abertura em 2017 de aproximadamente 80 locais novos (entre próprios e franchisados), além de estender a renovação das cadeias VIPS e GINOS, iniciada no ano passado, à quase totalidade da rede com a reforma em 2017 de 25 VIPS e 21 GINOS.

     

    Além disso, a empresa iniciou o desenvolvimento da marca de restauração wagamama no nosso país, reforçando assim o seu portfólio com a incorporação da cadeia de restauração pan-asiática líder a nível mundial. Depois do acordo assinado em junho de 2016, que converte o Grupo Vips em parceiro licenciado em exclusiva para operar a marca em Espanha e Portugal, o primeiro wagamama espanhol abriu as suas portas em abril em Madrid (calle Serrano, 41).  Antes de que finalize o ano, abrirão outros três estabelecimentos .

    O Grupo Vips também ultima os preparativos para aumentar a sua presença em Portugal, mercado onde já opera 11 Starbucks, e onde prevê lançar as suas marcas VIPS, VIPS Smart e GINOS, assim como o Club VIPS em 2018.

    O Grupo confia que a boa evolução da economia espanhola permita manter o plano de crescimento marcado. As vendas do primeiro quadrimestre 2017 assim o parecem indicar, mostrando o dinamismo das diferentes marcas que crescem todas por cima da média do mercado. De igual modo, em linha com o previsto, nos primeiros 4 meses do ano o Grupo Vips abriu 17 novas unidades (6 GINOS, 2 VIPS Smart, 1 VIPS, 1 wagamama e 7 Starbucks) e levou a cabo 25 reformas.

     

    Sobre o Grupo Vips:

    Grupo Vips é um dos grupos multimarca e multiformato líderes do setor da hotelaria e do comércio em Espanha. Inclui restaurantes, cafetarias e lojas. A empresa gere em propriedade ou sob o regime de franchising um total de seis cadeias reconhecidas: VIPS (cafetaria-restaurante e loja), VIPSmart, GINOS, Fridays e Starbucks Coffee em Espanha, Portugal e Andorra, às quais se acaba de incorporar Wagamama. O Grupo conta além disso com uma fábrica de sandwichs premium, saladas e produtos para levar, BSF. A empresa soma mais de 370 estabelecimentos que diariamente atendem mais de 120.000 clientes. Possui um programa de fidelização pioneiro e líder no setor da restauração, Club Vips, com mais de 1.000.000 de sócios em toda a Espanha e cuja App, única no mercado e lançada em finais de abril de 2015, conta já com mais de 700.000 downloads. O Grupo Vips é uma empresa de capital privado fundado em 1969. Os acionistas do Grupo VIPS estão compostos em 70% por sócios maioritários e fundadores liderados pela família Arango, e em 30% pelo fundo ProA Capital. O Grupo Vips dá emprego a mais de 9.o00 pessoas e fechou o exercício 2016 com 396,2 milhões de euros de faturação. Aparece a partir de esse ano no ranking das empresas com melhor reputação em Espanha, segundo o RepTrak® Espanha 2017, sendo a única empresa de hotelaria que figura em dita lista.