As nossas notícias

Ashoka apresenta quatro referentes novos espanhóis em inovação social

Madrid, 2 de dezembro de 2016: Viviana Waisman (Women’s Link Worldwide), María Almazán (Latitude), David Cuartielles (Verkstad Arduino) e Carmen Pellicer (Fundação Trilema) - referências destacadas em inovação social em direitos humanos, educação e setor têxtil - incorporaram-se à rede de Ashoka.

Ashoka é a maior rede de empreendedores sociais do mundo, com mais de 3.300 membros em 90 países, 32 deles em Espanha. Desenvolve há mais de 30 anos um trabalho de busca e identificação destas pessoas com grande capacidade de transformação social. 

Uma vez selecionados, os empreendedores recebem uma bolsa económica durante três anos, em caso de necessidade, assim como apoio estratégico para impulsionar e maximizar o alcance do seu impacto.

“No momento de selecionar um empreendedor social medimos, não só o impacto que gera diretamente nos seus beneficiários, mas também como o empreendedor está a atacar as causas do problema e contribuindo para que deixe de existir, ou seja resolvido de uma forma nova”, explicou ontem Ana Sáenz de Miera, diretora de Ashoka em Espanha e co-diretora de Ashoka na Europa.

Os novos empreendedores sociais espanhóis que se juntam a Ashoka, apresentaram-se num ato celebrado ontem no El Matadero de Madrid, organizado em colaboração com o Grupo Vips.        

“No Grupo Vips partilhamos com Ashoka a aposta pela inovação social, visto que acreditamos firmemente que as pessoas e as empresas possam ser as impulsionadoras de uma mudança positiva na nossa sociedade. Ao longo destes mais de seis anos de colaboração, Ashoka inspirou algumas das nossas iniciativas de Responsabilidade Corporativa, comprovando a eficácia do trabalho em rede entre empreendedores e empresas para conseguir que a mudança social se converta em realidade”, comentou Enrique Francia, Conselheiro Delegado do Grupo Vips.

 

Os novos empreendedores Sociais de Ashoka

Carmen Pellicer (Fundação Trilema)

Carmen propôs-se mudar o sistema educativo espanhol identificando e empoderando a professores destacados que possam assegurar uma transformação das suas escolas e dos seus processos educativos. Nos últimos cinco anos trabalhou com 50.000 professores na Europa e em África e converteu-se num dos principais atores da transformação da educação em Espanha, negociando uma reforma da educação com o governo nacional.

David Cuartielles (Verkstad Arduino)

Com o desenho e a implementação de um modelo educativo novo, David Cuartielles está a motivar uma geração de adolescentes para melhorar o seu entendimento da tecnologia e da resolução de problemas.

Como  co-criador  da tecnologia aberta, Arduino,  David  desenhou um modelo que permite a professores não qualificados a animar os seus estudantes a que apliquem a tecnologia para potenciar a sua criatividade e a sua capacidade de abordar os desafios de uma sociedade em mudança.

María Almazán (Latitude)

María  está a revolucionar a indústria da moda com um sistema aberto e escalável que se implementa em cada fase da cadeia de valor para fomentar a sustentabilidade da produção têxtil e do seu consumo, a um custo acessível.

Graças à sua experiência prévia no mundo da moda, María trabalha em constante contacto com os principais atores da indústria têxtil europeia e está a tecer uma rede global de fabricantes, marcas e consumidores: apele-lhes a adoptar novos modelos de produção e consumo, melhora drasticamente as condições laborais dos trabalhadores e além disso reduz o impacto da indústria sobre o meio ambiente.

Viviana Waisman (Women's Link Worldwide)

Viviana utiliza o poder da lei para definir e acelerar os direitos das mulheres e das crianças. A sua estratégia vai mais além da sala do tribunal e utiliza a litigação estratégica para reforçar a infraestrutura dos direitos humanos, criar um debate público, e contribuir para a mobilização social para garantir os direitos das mulheres, melhorar os direitos sexuais e reprodutivos, e reduzir a discriminação, a violência e o tráfico de pessoas. 

 

As empresas apostam pela inovação social

 Do mesmo modo que os empreendedores sociais, as empresas constituem um fator chave no desenvolvimento social. A colaboração entre estes dois setores é necessária para um impacto sistémico positivo.  

Este ano Ashoka contou com a colaboração de várias empresas que apostam pela inovação e pela mudança social como a Fundação Puig, Coca-Cola, Boehringer Ingelheim, Grupo Vips, Fundação Barclays, Robert Bosch Stiftung, Fundación ICO, Ecoembes, Hidraqua, Canaragua, Aguas Andinas, Aguas de Cartagena e Fundação Acuorum.

Por outro lado, Ashoka conta também com os membros da Rede de Impulso como fonte de estratégia e visão

 

Sobre Ashoka

Ashoka é uma organização global, independente e sem ânimo de lucro que lidera a aposta pela inovação e o empreendimento social, construindo uma sociedade de cidadãos que sejam impulsionadoras da mudança, ou changemakers. O seu fundador, Bill Drayton, recebeu o Prémio Príncipe de Astúrias em Cooperação Internacional em 2011.

Ashoka apoia o trabalho de mais de 3.300 empreendedores sociais em 90 países (em Espanha, na atualidade, dá apoio a 32), o trabalho de escolas inovadoras que estão a mudar a educação no mundo, e impulsiona a aliança e a colaboração entre empreendedores sociais e empresas como fonte de valor económico e social.

A visão de Ashoka é um mundo de atores de mudança, no qual todas as pessoas se sintam com a capacidade, o apoio e a liberdade de atuar para melhorar o seu ambiente e oferecer respostas aos problemas sociais mais urgentes.

www.ashoka.es

 

Sobre o Grupo Vips

O Grupo Vips é um dos grupos multimarca e multiformato líderes do setor da hotelaria e do comércio em Espanha. Inclui restaurantes, cafetarias e lojas. A empresa gere em propriedade ou sob o regime de franchising um total de 6  cadeias reconhecidas: VIPS (cafetaria-restaurante e loja), VIPS Smart, GINOS, The Wok, TGI Fridays e Starbucks Coffee em Espanha, Portugal e Andorra às quais brevemente se incorporará Wagamama. O Grupo conta além disso com três restaurantes singulares, Lucca, Rugantino Casa Tua e Tattaglia e uma fábrica premium de sandwichs, saladas e produtos para levar, BSF. A empresa soma mais de 350 estabelecimentos, atendem diariamente a mais de 120.000 clientes. Possui um programa de fidelização pioneiro e líder no setor da restauração, o Club Vips, com mais de 1.000.000 de sócios em toda a Espanha e cuja App, única no mercado e lançada em finais de abril de 2015, já conta com mais de 450.000 downloads. O Grupo Vips é uma empresa de capital privado, fundada em 1969. Os acionistas do Grupo Vips é composto de 70% pelos acionistas maioritários e fundadores do Grupo liderados pela família Arango, e 30% pelo fundo ProA Capital. O Grupo Vips emprega mais de 9.300 pessoas e encerrou o exercício de 2015 com 377,6 milhões de euros de faturação.

Mais informação em: www.grupovips.com / Descubra a App Club VIPS em: www.clubvips.com