As nossas notícias

Proa Capital entra nos acionistas do Grupo Vips ao adquirir 30% que estavam em poder da goldman sachs

Madrid, 15 de setembro de 2016.- O Grupo Vips anunciou hoje a entrada nos seus acionistas do fundo espanhol ProA Capital que adquire 30% de propriedade de uma entidade controlada pela Goldman Sachs Merchant Banking Division desde 2006. A operação foi comunicada às autoridades da concorrência, está pendente da aprovação da CNMC (Comissão Nacional do Mercado da Concorrência) e será fechada enquanto dito organismo dê a sua conformidade.

A evolução positiva dos indicadores principais do Grupo nos últimos anos, fruto do profundo Plano de Transformação implementado pela empresa, e o início de uma etapa de crescimento e liderança no quadro de uma melhoria da conjuntura económica, facilitaram o fecho deste acordo. Esta operação contribuirá para consolidar e reforçar esta nova etapa de crescimento com as suas marcas atuais como VIPS, VIPSMART, GINOS, STARBUCKS e FRIDAYS, assim como com novas marcas como WAGAMAMA, com a qual se chegou recentemente a um acordo para o seu desenvolvimento em Espanha e Portugal. No passado exercício 2015 todas as cifras do Grupo situaram-se em positivo pela primeira vez desde 2008, completado assim a mudança de tendência iniciado em 2013.

A operação inclui também uma ampliação de capital de ações ordinárias, por montante de 41,5 milhões de euros, que será subscrita pelos acionistas maioritários atuais mediante a conversão de acções preferentes da série B em acções ordinárias e pelo novo investidor que aportará fundos adicionais por montante de 12,5 milhões de euros. As participações resultantes depois desta ampliação de capital manter-se-ão em 70% para os parceiros maioritários e fundadores do Grupo liderados pela família Arango e em 30% para ProA. Esta ampliação de capital permitirá ao Grupo contar com maiores recursos financeiros para acelerar o seu crescimento e os seus planos de reforma e melhoria dos atuais locais, especialmente do GINOS e VIPS nos quais o Grupo comunicou que investirá 25 milhões de euros entre 2016 e 2017.

A mudança de acionista, que se materializa pela saída da Goldman Sachs Merchant Banking Division depois de ter permanecido no Grupo dez anos, levou-se a cabo mediante negociações restringidas entre a Empresa, Goldman Sachs e os distintos fundos interessados. Altamar Advisory Partners, Garrigues e Uria atuou como assessores do Grupo Vips e Goldman Sachs Merchant Banking Division e pela sua parte, ProA contou com a assessoria de Fidentis, Optima,  Linklaters e EY.

Plácido Arango, presidente do Grupo Vips, agradeceu à Goldman Sachs  “a estreita colaboração e o valor que aportou durante estes anos, nos quais foi necessário reinventar-se para fazer face à queda do consumo e à evolução do consumidor que a crise económica trouxe consigo” e manifestou  “a sua ilusão e agrado pela entrada de ProA como parceiro nesta nova etapa de crescimento que se abre, agradecendo a confiança depositada por ProA na equipa de gestão e na trajetória do Grupo Vips.”

Por outro lado, Fernando Ortiz e Santiago Gómez, parceiros de ProA e responsáveis desta operação, mostraram a sua satisfação por fazer parte de uma empresa do prestígio do Grupo Vips “que nos impressionou tanto pela sua solidez e potencial de crescimento como pelo enorme esforço realizado nos últimos anos e a robustez da sua cultura corporativa”.

Do mesmo modo, Michele Titi-Cappelli, managing diretor da Goldman Sachs e responsável do investimento “agradeceu aos acionistas maioritários e à equipa de gestão do Grupo Vips a confiança e a colaboração demonstrada durante estes dez anos de aliança” desejando-lhes êxito aos novos acionistas, ProA Capital.

 

Sobre o Grupo Vips:

O Grupo Vips é um dos grupos multimarca e multiformato líderes do setor da hotelaria e comércio em Espanha. Integra restaurantes, cafetarias e lojas. A empresa gere em propriedade e sob o regime de franchising um total de seis cadeias reconhecidas: VIPS (cafetaria-restaurante e loja), VIPSmart, GINOS e The Wok, TGI Fridays e Starbucks Coffee em Espanha, Portugal e Andorra, às quais se incorporará proximamente Wagamama. Além disso, o Grupo Vips conta com três restaurantes singulares, Lucca, Rugantino Casa Tua e Tattaglia, e uma fábrica premium de sandwichs, saladas e produtos para levar, BSF. A empresa soma mais de 350 estabelecimentos que atendem a mais de 120.000 clientes diários. Possui um programa de fidelização pioneiro e líder no setor da restauração, o Club VIPS, com mais de 1.000.000 de sócios em toda a Espanha e cuja APP, única no mercado, e lançada em finais de abril de 2015, conta já com mais de 450.000 downloads. O Grupo Vips é uma empresa de capital privado, fundada em 1969. Goldman Sachs Capital Partners V adquiriu 30% da empresa em 2006. O Grupo Vips dá emprego a 9.300 pessoas e fechou o exercício 2015 com 377,6 milhões de euros de faturação.

Mais informação em: www.grupovips.com

Descubra a App Club VIPS em: www.clubvips.com

 

Sobre ProA Capital:

Com mais de 600 milhões de euros sob gestão, ProA Capital é uma das maiores gestoras de fundos de capital de risco em Espanha. O investimento no Grupo VIPS será realizado desde o seu segundo fundo dotado com 350 milhões de euros. Entre outras, ProA Capital participa em Ambuibérica, Saba Infraestruturas, Hospital de Llevant, Ibermática, Rotor Componentes Tecnológicos, Avizor e Suanfarma. Em 2015 vendeu a sua participação em Palacios a Carlyle e em EUGIN ao grupo cotizado com sede em Abu Dhabi NMC Health, com quem mantém uma aliança para a expansão internacional de EUGIN.